Português Italian English Spanish

TRE-PR lança programa de combate à notícias falsas e confirma eleições em biometria

TRE-PR lança programa de combate à notícias falsas e confirma eleições em biometria


O lançamento aconteceu durante a primeira coletiva de imprensa virtual do TRE-PR, realizada por videoconferência

Nesta quarta-feira (22), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Tito Campos de Paula, lançou dois novos projetos para as Eleições 2020: a Central de Combate à Desinformação Gralha Confere e o programa Universidade Amiga da Justiça Eleitoral. O lançamento aconteceu durante a primeira coletiva de imprensa virtual do TRE-PR, realizada por videoconferência.

Sabe-se que as eleições são um momento propício para a disseminação de notícias falsas, portanto, segundo o presidente do TRE-PR, durante o lançamento do Gralha Confere, “nada melhor para combater a desinformação do que trazer a informação correta”. Ainda, o vice-presidente e corregedor do TRE-PR ressalta que, neste processo, “a imprensa séria se torna uma das maiores aliadas da Justiça Eleitoral”.

Durante a cerimônia, também foram confirmadas as datas do primeiro e segundo turno das eleições de 2020 – 15 e 29 de novembro, respectivamente. Entretanto, como o Congresso Nacional é responsável por alterar a data do pleito, caso algum estado ou município não apresente condições sanitárias adequadas, o assunto poderá ser rediscutido.

De acordo com o diretor-geral do TRE-PR, também fica estabelecida a ausência de identificação biométrica nas eleições deste ano caso permaneça a situação de isolamento imposta pela pandemia. Essa medida “diminuirá o tempo em que o eleitor fica dentro da sala de votação, uma vez que a identificação por caderno de votação demanda menos tempo”, afirma o diretor.

Gralha Confere

A Central de Combate à Desinformação Gralha Confere, um dos projetos da Justiça Eleitoral Paranaense para as Eleições 2020, foi lançada oficialmente durante a videoconferência desta quarta-feira (22). Durante todo o período eleitoral, a população poderá enviar dúvidas sobre conteúdos que circulam nas redes sociais relacionados ao processo eleitoral e à segurança do voto. A demanda será recebida através do whatsApp no número (41) 98700-5100. Não serão checadas informações sobre candidatos e partidos.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Tito Campos de Paula, diz que o que a Justiça Eleitoral espera que, com esta iniciativa, “a semente da verdade seja levada pela Central de Combate à Desinformação como uma semente da democracia”.

Para conferir os conteúdos produzidos pelo projeto, acesse o site do Gralha Confere no link https://gralhaconfere.tre-pr.jus.br/.

Universidade Amiga

Com o intuito de estimular a participação do jovem no processo eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) também lançou o projeto Universidade Amiga da Justiça Eleitoral. Segundo o presidente, o programa trará benefícios mútuos, uma vez que se trata de “algo que será bom tanto para o universitário, quanto para a justiça eleitoral e para a democracia”.

O objetivo é aumentar o número de mesários voluntários com o oferecimento de, no mínimo, 30 e 60 horas extracurriculares aos estudantes das universidades conveniadas que trabalharem no primeiro ou nos dois turnos das eleições, respectivamente.

Acesse mais informações e o formulário de inscrição para universidades

Mesário Voluntário

A Justiça Eleitoral, que fechou parcerias com a iniciativa privada para fornecer equipamentos de segurança individual a todos os mesários e colaboradores que trabalharem nas eleições de 2020, convida aqueles que não sejam do grupo de risco a colaborar neste momento cívico, em uma ação coletiva que irá beneficiar o país e fortalecer a democracia.

Como medida de segurança, o treinamento será feito através de curso on-line com material disponível em versão digital. Vale lembrar que todo mesário tem direito a dispensa do serviço pelo dobro de dias de trabalho prestados à Justiça Eleitoral.

Também são benefícios do mesário:

– Créditos em disciplinas de cursos em instituições de ensino superior conveniadas;

– Vantagem de desempate em concurso público, quando expresso em edital;

– Isenção do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos realizados pelo Poder Público Estadual, de acordo com a lei 19196/2017, dependendo da regulamentação expedida pela instituição promotora do concurso.

A cerimônia, que foi transmitida pelo canal do TRE-PR no YouTube, contou também com a participação do vice-presidente e corregedor, desembargador Vitor Roberto Silva e o diretor-geral do Tribunal, doutor Valcir Mombach.

ASCOM