Português Italian English Spanish

PT mantém a tradição e apresenta chapa para a corrida eleitoral de novembro

PT mantém a tradição e apresenta chapa para a corrida eleitoral de novembro


Desde 2004, o 13 do PT está na urna eleitoral de Realeza

Desde 2004, o 13 do PT está na urna eleitoral de Realeza — e desde então, venceu todas as disputas: Eduardo Gaievski em 2004 e 2008, Milton Andreolli em 2012 e 2016.
O partido tetracampeão apresenta, para 2020, uma dupla de novatos em corridas eleitorais, o professor e advogado Maikel Florintino para prefeito, e a professora e nutricionista Mayara Borsa para vice. A convenção está marcada para o dia 10 de setembro.
“O prefeito Milton deixou o PT e deve apoiar outro grupo; nós não somos oposição, nós queremos apresentar uma proposta para o município”, comentou Maikel. O prefeito Milton migrou para o PSDB em 2017.

Hospital intermunicipal
Um dos pontos que Maikel destaca é a retomada do debate para se erguer um hospital microrregional, que possa atender especialidades e a média complexidade. Isso além do hospital municipal, que está em fase de andamento, com verba garantida e licitação formalizada.


“É uma questão, a da saúde, que está presente na sociedade e que pretendemos levar adiante essa proposta”, disse Maikel.


Mayara destaca também o ponto da alimentação escolar, como relevante no plano de governo, “que estamos elaborando”, sublinha. Ela lembra que a agricultura familiar é uma atividade importante no município e que terá apoio da administração municipal, caso a chapa seja vitoriosa.


A pré-campanha, por enquanto, está se desenvolvendo com pequenos encontros, ouvindo as famílias, além de conversas pelas redes sociais.


A meta da legenda é ter entre seis a dez nomes para concorrer ao Legislativo. A coordenação-geral da campanha está a cargo de Paulo Duarte, que ontem visitou o Jornal de Beltrão com a dupla de pré-candidatos majoritários e o pré-candidato a vereador Claudemir Chaves.

História
Além dos anos recentes vitoriosos do PT em disputa eleitoral em Realeza, em 1982 e 1988 a sigla apresentou candidaturas — Afonso de Oliveira e Vítor Lopes dos Santos, respectivamente. Mas sem expressão.

Jornal de Beltrão