Português Italian English Spanish

Paraguai inicia primeira fase da ‘quarentena inteligente’

Paraguai inicia primeira fase da ‘quarentena inteligente’


Trabalhadores de diversos setores retornaram ao trabalho nesta segunda-feira

Os paraguaios voltaram ao trabalho nesta segunda-feira (4), como parte da primeira fase do plano de reativação econômica do governo nacional, chamado de “quarentena inteligente”. O plano prevê a flexibilização da quarentena obrigatório em etapas, até o dia 25 de maio.

Nesta manhã foram registradas aglomerações de pessoas nos pontos de ônibus em Assunção e região metropolitana. No plano estava previsto a reativação de 55% do transporte público, porém o número foi menor. Para cumprir as determinação sanitárias do Ministério da Saúde os passageiros devem ser transportados sentados e usando máscaras.

O Centro Empresários de Transporte da Área Metropolitana (Cetrapam) informou que devido a imposição de número limitado de passageiros, só poderá colocar em circulação a metade dos carros.

Nesta primeira fase da “quarentena inteligente” estão autorizados a voltar ao trabalho funcionários da indústria, cadeia logística e serviços que vão na casa dos clientes, como advogados, contadores, massagistas, manicures, cabeleireiros, domésticas.

Também estão liberadas as atividades físicas individuais em espaços públicos, em uma distância de até 500 metros de casa, das 6h às 8h para pessoas acima de 60 anos e das 9h às 19h de 10 a 59 anos, sempre com o uso de máscaras.

Para deslocamento de veículos em supermercados, farmácias e parque, segue o esquema de rodízio de veículos pelo número da placa.

As fases da flexibilização da quarentena não prevê a reaberturas das fronteiras. Ao anunciar as medidas, o presidente Mário Abdo Benitez disse que a volta às aulas e fronteiras é um assunto delicado.

Da Radio Clutura de Foz do Iguaçu