Português Italian English Spanish

Produção de grãos deve superar a safra 2019/20


O estudo também indica crescimento na área cultivada de 1,3%.

A produção brasileira de grãos na safra 2020/21, em fase inicial de plantio, está estimada em 268,7 milhões de toneladas, superando em cerca de 11 milhões de toneladas do período anterior 2019/20.

Isso é o que mostra o primeiro Levantamento de intenção de plantio da Conab, Companhia Nacional de Abastecimento. O estudo também indica crescimento na área cultivada de 1,3%.

A chegada do coronavírus ao Brasil reduziu as expectativas de pecuaristas que pretendiam confinar gado neste ano, mas a seca e a disparada da arroba bovina que vieram a seguir surpreenderam o mercado e voltaram a fazer do confinamento uma estratégia positiva, o que deve resultar em um possível recorde de 6,1 milhões de cabeças terminadas em sistema intensivo em 2020.

Para especialistas, uma rentabilidade nunca vista foi um dos gatilhos para este movimento. Com base em uma arroba de 254 reais, por exemplo, valor que pode ter sido acordado no período em que o pecuarista decidiu confinar o boi, um animal de 20 arrobas gera um retorno bruto de 5.080 reais.


A segunda safra de milho em 2020 será de 73,9 milhões de toneladas, queda de 0,9% com relação a 2019, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de setembro, divulgado há pouco pelo IBGE.

Com isso, a safra total de milho deverá somar 100,5 milhões de toneladas, e será a segunda maior da série histórica do IBGE, atrás apenas do ano passado.

Fonte: Broadcast Agro


A baixa oferta de animais para abate mantém lento o ritmo de negócios no mercado nacional de boi gordo e os preços, firmes. Em relação às exportações da carne, depois de terem atingido quase 170 mil toneladas em julho, as vendas externas caíram nos dois meses seguintes.

Rose Machado e Sérgio Mendes

Fonte: Estadão